Seu navegador tentou rodar um script com erro ou não há suporte para script cliente.
Início do conteúdo
Página inicial > Comunicação > Notícias > Seminário marca 52 anos da Escola de Saúde Pública
RSS
A A A
Publicação:

Seminário marca 52 anos da Escola de Saúde Pública

Diretora Waleska apresenta o novo site
Os servidores tiveram a possibilidade de fazer perguntas e dividir histórias sobre a escola - Foto: Fernanda Nunes

A Escola de Saúde Pública (ESP) comemora 52 anos de funcionamento com um Seminário que teve início nesta quarta-feira ( 17), com encerramento na quinta-feira (18) . Na abertura, a diretora da ESP, Waleska Pereira, destacou que o seminário é um espaço de trabalho em que se trocam e debatem experiências e informações. “Pensamos nesta atividade não só para marcar o aniversário da Escola, mas aproveitamos para mostrar o momento rico que estamos vivendo este ano nos cenários estadual e nacional e o conjunto da ESP precisa se apropriar de tudo o que ocorre”, disse.

Ela citou a possibilidade de a Escola certificar seus cursos como uma das boas notícias. “Nós, trabalhadores, devemos ter o compromisso de continuar construindo esta bonita história da instituição, que tem que ocupar seu espaço, avançar e se qualificar. Na mesa de abertura, além de Waleska, estavam a coordenadora pedagógica da ESP, Salete Moura Bre, a coordenadora do Núcleo Regional de Saúde Coletiva (Nuresc) da 17 Região, Paola Pizati, e a coordenadora do Núcleo de Educação em Saúde Coletiva (CESC), Lúcia Schaedler.

Logo após a abertura das atividades, foi feita a apresentação da Escola de uma forma diferente. Os participantes podiam escrever ou falar sobre duas questões propostas: “o que eu quero saber” e “o que eu quero contar” sobre a Escola. A proposição acabou gerando debate entre os participantes. A seguir, foi apresentado o site da instituição que, em breve, estará em funcionamento.

O seminário segue à tarde com a apresentação da Rede de Escolas, a cargo de Rosa Pinheiro de Souza, coordenadora da Secretaria Executiva da Rede de Escolas e Centros Formadores em Saúde Pública. O último painel do dia abordará o papel das Escolas de Saúde Pública no cenário de formação e educação em saúde para o SUS.

Rede de Escolas 

Durante o Seminário, a diretora da Escola de Saúde Pública (ESP/RS), Waleska Pereira, foi anunciada como  integrante do Grupo de Condução da Rede de Escolas e Centros Formadores em Saúde Pública. O Grupo de Condução faz parte da estrutura da Rede e seus 10 membros são eleitos buscando atender às várias regiões do país. Waleska substituirá a representante da Escola do Paraná, que se aposentou, e já participará da próxima reunião do Grupo. A Rede é formada atualmente por 48 escolas e centros formadores e tem objetivo articular e fortalecer as escolas e centros formadores em saúde pública/coletiva mediante estratégias para o desenvolvimento de políticas e ações no âmbito da educação em saúde, visando a produção de conhecimento e a qualificação da força de trabalho no SUS.

De acordo com a Secretaria Executiva da Rede, professora Rosa Maria Pinheiro de Souza, “A ideia é que a Rede seja protagonista, que participe da construção de políticas de educação na saúde”, informou. Conforme ela, há uma preocupação constante com a produção, circulação e disseminação de conhecimento por meio da Rede. O último ponto de debate do dia foi o papel das escolas de Saúde Pública no cenário de informação e educação em saúde para o SUS. O seminário vai até amanhã (18/9).

Endereço da página:
Copiar
ESCOLA DE SAÚDE PÚBLICA